Cristais que protegem e conservam nossos caminhos

ponte-cristais-penetron

Em 1970, a população brasileira era de 90 milhões de habitantes. Desde então, houve um grande salto: estimativas do IBGE revelam que, em 2018, o país atingiu 208,5 milhões pessoas. Desse total, 57% vivem em apenas 317 municípios, que são aqueles com mais de 100 mil habitantes. Ou seja, nas grandes cidades e nas metrópoles.

penetron-corrosaoPara garantir mobilidade a essa crescente população, foi necessário um grande investimento em infraestrutura desde 1970, com investimentos em transporte, pontes e viadutos. Porém, temos visto que essas obras estão chegando ao final de sua vida útil sem a necessária manutenção preventiva. Paralelamente, a poluição atmosférica no meio urbano aumentou, deteriorando mais rapidamente as estruturas.

É inegável que a falta de recursos e de planejamento em manutenções preditivas e corretivas tem afetado demasiadamente as estruturas viárias. A “Lei de Sitter” nos mostra que quanto maior for a demora em promover intervenções, maior será o custo de implementá-las. Portanto, o poder público e a engenharia brasileira devem repensar os projetos, para torná-los mais duráveis através das tecnologias que temos à disposição nos dias atuais.

penetron-corrosao-01Vale destacar que a tecnologia de cristalização tem alcançado resultados extraordinários no que tange a proteção e durabilidade dessas estruturas. Os cristais de Penetron tornam o concreto impermeável e com capacidade de se autorregenerar, selando fissuras estáticas de até 0,5mm. Além disso, conferem à estrutura de concreto armado proteção contra carbonatação e despassivação do aço, por manter a estrutura sempre alcalina.

Os cristais de Penetron podem ser utilizados em novos projetos e na recuperação de estruturas mais antigas.

Descubra como podemos ajuda-lo consultando nossa equipe técnica sobre seus projetos.