Pesquisar
Close this search box.

Cidade Matarazzo

São Paulo - SP

A Cidade Matarazzo é um complexo hospitalar histórico, desativado em 1993. Então, o prédio permaneceu inutilizado por 20 anos até ser  adquirido pelo empresário Alexandre Allard em 2007. No projeto há a luxuosa rede de hotéis Rosewood com investimento de quase 3 bilhões de reais. Com área de 30.000 m2,  localizados no prédio restaurado da Maternidade Matarazzo e uma nova Torre Mata Atlântica de 15 andares projetada por Pritzker Arquiteto premiado, Jean Nouvel.

Vista aérea do projeto Cidade Matarazzo

Além disso, o complexo inclui a Capela de Santa Luzia, recentemente restaurada ao seu estado original de 1922 e aberta para casamentos e outros eventos, um centro cultural, um centro de varejo de moda e 34 espaços gastronômicos. Há ainda uma piscina na cobertura e um bar com vista para a cidade. Outras comodidades incluem duas piscinas, teatro, cinema, estúdio de música, espaço para eventos e spa de bem-estar. Além disso, há 15.000m² de vegetação, com um jardim composto por árvores comuns à Mata Atlântica ameaçada, como jatobás, sibipirunas, pitangueiras, canelinhas, jacarandás e goiabeiras.

Características do projeto

A Cidade Matarazzo é um patrimônio histórico tombado de São Paulo. Toda a expansão se deu em no subsolo com 8 andares. Assim, necessitou-se de soluções para as novas estruturas em concreto armado. Ou seja, em função do nível do lençol freático, a estrutura precisava de proteção e impermeabilização.

Segundo a BS 8102:2022, o uso do ambiente irá definir o desempenho de impermeabilização da estrutura, sendo, neste caso, uma parte de ambiente habitável para salas de reuniões e congressos, se faz necessária a execução de um sistema estanque, ou seja, sem aceitação de infiltração e umidade, e, em complemento, pela necessidade de durabilidade, dada a importância do investimento nesta ampliação, é necessário desenvolver um sistema com vida útil alta.

Além disso, outra necessidade da obra era a adoção de uma solução sustentável, sendo que o empreendimento buscava certificação LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental). Neste contexto, foi optado por utilizar materiais com baixa pegada de carbono, como o sistema White Tank, que possui certificação EPD e GreenGuard Gold.

Produtos: PENETRON ADMIX, PENEBAR SW, PENEBAR PRIMER, PENETRON, PENESEAL PRO RTU.

Características do projeto: A Cidade Matarazzo está localizada no terreno do antigo complexo hospitalar do Hospital Umberto Primo e abrigará espaços culturais, comerciais e o primeiro hotel de luxo seis estrelas do Brasil.

Por que escolheu a Penetron Brasil?

A Penetron em parceria com os projetistas e consultores apresentou as soluções com base em estanqueidade, sustentabilidade e durabilidade.

Ainda mais: outro fator, foi a confiabilidade do sistema apresentado, dada existência de cases de sucesso com projetos similares.

Solução Penetron aplicada no Cidade Matarazzo

Antes de tudo, a primeira etapa com soluções Penetron foi a proteção e impermeabilização das lajes dos 8 subsolos com o selador incolor Peneseal Pro RTU, o qual aplicado-se em 12 mil metros quadrados. Este produto penetra no concreto formando um gel impermeável na camada subsuperficial a 2 cm da superfície, além de promover o selamento de fissuras estáticas, oriundas de retração, na ordem de 0,4 mm. Aplicou-se cerca de 2,5 mil litros de Peneseal Pro RTU.

A segunda etapa foi a proteção e impermeabilização de todo concreto das cortinas executadas nos subsolos, com adição do autocicatrizante Penetron Admix no momento da concretagem. Nesse sentido, aplicou-se cerca de 6 mil kg de Penetron Admix.

Por fim, a última etapa com participação da Penetron foi a execução da laje de piso e as cortinas do teatro, onde em todo o concreto foi utilizado o aditivo autocicatrizante Penetron Admix para impermeabilização das estruturas, e, para tratamento das juntas de concretagem foi utilizado o perfil hidroexpansivo de expansão controlada Penebar SW 55 tipo A e seu Primer e, em complemento nas juntas, foi projetado a argamassa autocicatrizante Penetron logo antes da concretagem para potencializar a autocicatrização no local, sendo este um ponto crítico para estanqueidade.

Resultados obtidos no Cidade Matarazzo

As estruturas tratadas estão secas e o cliente satisfeito com o resultado.

Veja mais fotos

Conheça outros Projetos

Condomínio Jardim Provença, em São Luiz do Maranhão, com soluções da Penetron Brazil
A Fabricação J. Macêdo tem soluções da Penetron Brasil
Para o Condomínio South Park, em Brasília, optou por utilizar os produtos Penetron e impermeabilizantes nas estruturas de concreto.